PRODUTOS E SERVIÇOS - PNEUS

SOBRE A VIDA ÚTIL DOS PNEUS

Os pneus modernos são desenvolvidos para durarem muito tempo. Entretanto, o contato frequente com obstáculos nas estradas, condições climáticas adversas e a falta de manutenção tendem a reduzir a vida útil dos pneus. Para garantir mais economia, conheça os três principais inimigos da durabilidade dos pneus e procure manter distância de cada um deles.

INIMIGOS DA VIDA ÚTIL

1. Fatores físicos
1. O desgaste e os danos, como furos, cortes e fissuras da borracha, da escultura e dos flancos, entre outros.
2. Os choques e impactos com buracos e elevações na pista.


2. Fatores humanos
1. Deixar de checar frequentemente tanto o desgaste quando possíveis danos nos pneus.
2. Manter a pressão de ar inadequada.
3. Misturar diversos tipos de pneus.
4. Tentar reparar os pneus por conta própria em vez de levá-los a um profissional qualificado.
5. Quando rebocar, deixar de aumentar a pressão dos pneus traseiros do veículo que reboca.
6. Não mudar a válvula do pneu quando há troca.
7. Considerar reparações temporárias como sendo permanentes.
8. Utilizar pneus com aros danificados, deformados ou modificados.
9. Usar aros e rodas de diversas dimensões.
10. Esquecer de equilibrar os pneus após a montagem.
11. Colocar pneus que não têm capacidade de velocidade e índice de carga no mínimo igual ou superior aos modelos especificados pelo fabricante do veículo.
12. Usar selantes não autorizados.
13. Ter armazenagem e rotação inadequadas.


3. Fatores ambientais
1. Temperaturas extremas.
2. Contato com óleo e gordura.


Fonte: Michelin